SURPREENDEU! Gasolina vai Baixar, Bolsonaro Arrepiou, Sensitiva Anuncia Futuro.

Sancionado! Lei que vai diminuir o imposto cobrado pelos estados no combustível foi aprovada.

Agora podemos ter uma redução significativa nos impostos e no preço final de vários produtos ligados aos combustíveis. Essa forma adotada pelo governo federal vai mudar a vida de muitos brasileiros. 

A provisão para fornecer compensação aos estados foi incluída na votação do Senado e mantida na votação da Câmara. No entanto, a equipe econômica do governo defendeu o veto. O ministério disse que apesar do mérito da proposta, a proposta legislativa é contrária ao interesse público, pois permite a criação de despesas públicas de natureza contínua, ao contrário das medidas provisórias aprovadas em outros dispositivos da mesma proposta.


A fixação do teto do ICMS é uma das tentativas do Palácio do Planalto de conter o aumento dos preços dos combustíveis menos de 100 dias antes do primeiro turno das eleições presidenciais. 

Nos bastidores, os coordenadores da campanha de reeleição de Bolsonaro reconheceram que a escalada das tarifas de gasolina e diesel prejudicou o crescimento do presidente do país nas pesquisas. O chefe do Executivo federal parece estar 19 pontos percentuais atrás do ex-presidente, de acordo com uma pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira.


O presidente Jair Bolsonaro aprovou o PLP 18/22, limitando a alíquota do imposto de comercialização de bens e serviços, que incide sobre combustíveis, energia elétrica, gás, comunicações e transporte público, a 17%, mas vetou disposições sobre perdas por perda de receita Fornece compensação aos estados nas áreas médica e educacional. 

Em alguns estados, como o Rio de Janeiro, a alíquota ultrapassa 30%. A proposta foi publicada no Diário Oficial nesta quinta-feira, 23.


O governo quer usar os 30 bilhões de reais em doações para baixar os preços dos combustíveis, aumentar o valor do Auxílio Brasil, vales-gasolina e soluções para criação de vales para caminhoneiros, disse o líder do governo no Senado. 

A proposta deve constar no texto da proposta de emenda à Constituição nº 16/2022, a PEC do combustível. O anúncio ocorre em meio a tentativas de negociação com os estados para zerar o ICMS.


Consultas Sensitiva Ângela Oliveira

Whatsapp: (21) 98549-6387

Canal da Sensitiva

Link: CLIQUE AQUI

COMPARTILHAR:

ACONTECEU BRASIL! Deus Acima de Todos, Vidente Cigano Anuncia Algo Maravilhoso.

O presidente tem o apoio do povo de Deus. A maior ajuda que alguém poderia esperar chegou.

A ala cristã do país é a principal em termos de força. Pode ser que não seja algo unânime, mas vimos hoje que a maioria vai acompanhar Bolsonaro nessa campanha de reeleição. 

É como se a maior parte da população estivesse com ele, ganhou apoio do povo de Jesus em março e disse que tem um exército de 200 milhões. O presidente, que participou de um evento religioso, ouviu aplausos e gritos míticos dos cerca de 50.000 presentes, não deu detalhes, mas declarou que "ele vai tomar as decisões que têm que ser tomadas. 

Bolsonaro e sua esposa" Michelle fala juntos. Aliados comemoram apoio a Jesus em março e questiona pesquisas que colocam o PT Luiz Inácio Lula da Silva em 1º lugar.


Povo de Deus reza por Bolsonaro. Você já viu evento tão religioso A autoridade máxima? O empresário Luciano Hang, que participou do desfile , declarou que nosso presidente seja abençoado. 

Bolsonaro foi vaiado por gritos míticos em Camboriú, zombando do filho do presidente Flavio Senador Bolsonaro. DataFolha 28%? Pode confiar. Acham que são os mestres da verdade. Acham que podem fazer qualquer coisa, até nos escravize.” O grito mítico continua cantando.


Não podemos nos calar quando fazemos coisas ruins para os outros. Tenho falado sobre as quatro linhas da Constituição. 

Acredito que se for necessário, e parece cada vez mais necessário, tomaremos as decisões que devem ser tomadas, gritou Bolsonaro. Nos quatro cantos do Brasil, meu exército se aproxima cada vez mais de 200 milhões de pessoas. 

Mal podemos esperar até 2023 ou 2024 para olhar para trás. Devemos nos perguntar: o que não fizemos hoje para resolver essa situação difícil? Nós somos a maioria.

A democracia é você. O maior pecado que podemos cometer é a inação. Não podemos aceitar passivamente aqueles que querem impor sua vontade sobre nós. 

O candidato à reeleição também disse que o Brasil é um país cristão, novamente criticando as medidas tomadas ali durante a pandemia e destacando a luta entre o bem e o mal. Depois que cheguei em Brasília, quem queria se machucar em nosso país saiu da zona de conforto.


Contato do Cigano 

Whatsapp: (48) 99144-5662

Whatsapp: (48) 99178-8723

Fone fixo: (48) 3039-5893

Rua Moura 900 Barreiros São José

 Edição e texto: Theta Wellington
COMPARTILHAR:

O MITO FOI PRA CIMA! Última chance, Sensitiva Anuncia desfecho Inacreditável.

Mais uma vez o presidente enfrenta cara a cara e tenta amenizar o clima de guerra.

O que é esperado do presidente ele está fazendo. A de nos perguntarmos o que mais o STF quer. Pois até o momento tudo da parte deles está sendo aceita pelo governo e nada está voltando em retribuição. 

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes disseram um ao outro que precisavam conversar. A conversa foi breve e aconteceu ao final de um jantar na casa do prefeito Arthur Lira na noite de quarta-feira. Bolsonaro, um dos últimos a chegar ao local, cumprimentou Moraes e outros presentes, incluindo representantes da oposição. 

O presidente também zombou do time de Moraes porque o ministro apoiou o Corinthians e Bolsonaro apoiou o Palmeiras. Embora tenha havido acordo sobre a reunião, nenhuma agenda foi realmente definida.


Segundo os presentes, o clima do encontro foi agradável, mas também transmitiu uma mensagem. O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, abriu discurso em homenagem a Gilma Mendes, vendo os magistrados como defensores da democracia e das instituições. 

Em seu discurso, o vencedor defendeu que a política é feita por políticos e disse a Bolsonaro que todos queriam ouvi-lo, mas ressaltou a necessidade de diálogo.


Bolsonaro e Mouras se encontraram em dois momentos diferentes durante o evento: se cumprimentaram na chegada e na saída, e após o jantar, Bolsonaro e Mouras se encontraram em particular em uma sala separada dos demais convidados reunidos por alguns minutos. 

Bolsonaro tentará relaxar o clima durante a reunião, dizendo que a única diferença entre ele e Moraes é que um é do Palmeiras e o outro é do Corinthians.


Ao se separarem, Bolsonaro voltou a dizer a Moraes que os dois precisavam conversar. O presidente Bolsonaro disse que o jantar oferecido pelo presidente da Câmara dos Deputados foi institucional. Eu fui aqui ontem para jantar, digamos, estabelecimento. 

Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes do Lewandowski do PCdoB de SP comentam sobre Bolsonaro. Depois, ele ouviu torcedores zombando dos convidados, só os bons, e eles responderam: “Bom, todo mundo acha que quer esses caras ou eu, sem problemas.


Consultas Sensitiva Ângela Oliveira

Whatsapp: (21) 98549-6387

Canal da Sensitiva

Link: CLIQUE AQUI

COMPARTILHAR:

COMEÇOU BRASIL! Suplicy acaba com PT | Sensitiva Anunciou Destino | 23/06/2022

Vergonha nacional! Eduardo Suplicy da chilique após ser esquecido, e não ser convidado para evento.

Como se já não bastasse o vexame que está sendo o ex presidente defender bandidos da pior espécie em todo evento, dessa vez o pt protagonizou um momento de vergonha alheia. 

O vereador de São Paulo Eduardo Suplicy ficou constrangido no evento por lançar diretrizes para o plano de governo de campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sem ser convidado, ele interrompeu a reunião, reclamando que sua proposta não havia sido incluída no documento oficial.


O encontro com candidatos à pré-seleção, coordenadores de campanha e sindicalistas aconteceu a portas fechadas em um hotel de Midlands e foi transmitido ao vivo pela internet. 

O ex-senador Aloízio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo e um dos coordenadores do evento, reclamou que não foi convidado para o evento. Além do microfone, Suplicy reclamou que sua proposta de renda básica cívica não estava nas diretrizes propostas. 

A proposta não foi considerada e infelizmente enviei por e-mail há dez dias e ainda não foi considerada, aprovada e aprovada pelo presidente Lula. Ele está no programa do PT há muitos anos.

O ex-presidente prestou homenagem ao ex-senador e titular Eduardo Suplisi de São Paulo, que interrompeu uma reunião de campanha para fazer exigências ao partido e ao ex-ministro Azio Mercadante. 

Se Suplicy não fosse brasileiro, se tivesse vindo de outro país, sua busca por uma renda básica ao longo desses 40 anos lhe renderia 10 prêmios Nobel.


Como ele é brasileiro, nós nunca ganhamos, nem o nosso escritor mais importante, vamos ver. Acho que, Eduardo, temos que saber o seguinte: se existe uma pessoa que é reconhecida nós representantes do partido , eu acho que o reconhecimento da sociedade brasileira no tema do combate à fome é você. 

Por isso, gostaria de parabenizar o Mercadante e a equipe por levantar a questão da renda básica aqui. Espero que possamos implementá-la internamente.


Contato consultas com a Cigana Vênus
Whatsapp: (51) 99203-1971

COMPARTILHAR:

INACREDITÁVEL! Lula ficou "LOUCO" Sensitiva Atualiza e Brasil foi Revelado | 22/06/2022

Quando imaginamos que as coisas que Lula diz beira o absurdo, dessa vez temos que procurar outra palavra. Com a boca cheia, como se o que ele estivesse falando fosse algo positivo, Lula disse que intercedeu pela liberdade de sequestradores. 

Depois dessa declaração, não demorou muito até que um boato na internet surgisse mostrando onde alguns desses criminosos estavam, e que até homicídio faz parte do destino deles. Lula disse que pediu a FHC a libertação dos sequestradores de Abílio Diniz. 

Em um evento em Alagoas, o PT disse que rezou pelos criminosos que iniciaram uma greve de fome. Em evento em Maceió, o PT disse que também conversou com o então procurador-geral Renan Calheiros. Esses jovens, alguns argentinos, outros latino-americanos, ficaram presos por 10 anos.


Fui conversar um pouco com o Fernando Henrique Cardoso porque eles estavam em greve de fome e estavam fazendo greve seca, o que significava não comer nem beber. A morte é certa. Depois fui ao procurador-geral, Renan Calheiros. 

Diniz foi sequestrado em dezembro de 1989. Ele ficou seis dias preso no porão de uma casa perto do Jabaquara, em São Paulo. A polícia rastreou o endereço a partir de um cartão de oficina encontrado em um dos veículos usados ​​no sequestro.


Em sua conversa com o FHC, Lula disse que, ao libertar presos, o então presidente poderia entrar para a história "como um democrata" e evitar que 10 jovens infratores morressem na prisão. O PT disse que FHC concordou em libertar prisioneiros se eles interrompessem a greve de fome. 

Fui para a cadeia no dia 31 de dezembro para conversar e conversar com os meninos. Escute, você tem que me deixar falar, você tem que me garantir que agora vai acabar com a greve de fome e será solto.


Eles respeitaram a oferta, interromperam a greve de fome e foram liberados. Não sei onde estão agora. Presidentes e correligionários ligaram o PT ao crime organizado; ex-presidente do PT lembra ter lidado com FHC para transferência de presos por motivos humanitários; nenhum envolvimento do partido ou Lula em sequestros. A declaração levou os críticos do PT a reiterar as alegações de que o partido estaria envolvido com criminosos.

Contato consultas com a Cigana Vênus
Whatsapp: (51) 99203-1971

COMPARTILHAR:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do Site