REVIRAVOLTA! Algo Grande Chegando, Vidente Cigano Atualiza Destino | 30/01/2023

Para o bolsonarismo siga forte e que tenha alguma relevância, basta ter suas pautas colocadas em votação. Isso não tem acontecido no senado, Pacheco prendeu as pautas bolsonaristas e deixou Bolsonaro sem poder fazer nada. 

O chefe da Frente Parlamentar Evangélica disse que a bancada apoiou a reeleição de Lira. O deputado Sóstenes Cavalcante (PL) também anunciou que a posição da cadeira no Senado era incerta. Estamos discutindo, mas ainda não chegamos a um consenso.


Se não houver consenso, emiti um aviso de eleição, que será divulgado na quinta-feira, 2 de fevereiro, às 10h. O representante do PL também disse que a maioria dos legisladores evangélicos votaria no atual líder da Câmara, Asserilla (um progressista) para chefiar a Câmara, mas há uma divisão no Senado. 

A frente evangélica certamente seguirá com a reeleição do presidente Arthur Leera. No Senado, porém, não há tantas linhas de frente quanto na Câmara. A maioria dos colegas terá total liberdade para escolher entre os dois candidatos.


Neste começo de ano de muitas movimentações no Congresso Nacional, a Frente Parlamentar Evangélica vai mudar de comando e terá um novo presidente. Quatro deputados vão disputar um novo mandato de quatro anos à frente da bancada. O deputado Sóstenes Cavalcante atual líder, afirmou que deixará o comando e tenta chegar a um consenso sobre quem será o novo presidente.


Estou pleiteando a vaga na mesa diretora do meu partido, o PL, então eu não posso presidir mais frente. Automaticamente, eu não serei candidato a continuar meu trabalho na frente. Apareceram já quatro possíveis candidatos. 

Deputado Silas Câmara, deputado Eli Borges, deputado Otoni de Paula Júnior e o senador Carlos Viana. Todos os quatro estão habilitados, temos feito alguns diálogos nos últimos dias entre os quatro tentando buscar um consenso. Não é muito comum que na Frente Evangélica a gente tenha eleição.

CONFIRA O VÍDEO

Contato do Cigano 

Whatsapp: (48) 99144-5662

Whatsapp: (48) 99178-8723

Fone fixo: (48) 3039-5893

Rua Moura 900 Barreiros São José

 Edição e texto: Theta Wellington
COMPARTILHAR:

ÚLTIMO ADEUS! Sensitiva Anuncia Previsão Inédita, Política ficará de Luto Brasil | 28/01/2023

Sensitiva Bianca faz uma previsão impactante, uma mulher do cenário político nos deixará. Temos visto que a cada nova eleição as mulheres tem se tornado mais participativas e importantes. Vários são os exemplos de nomes que carregam uma enorme quantidade de votos. Talvez o nome mais importante seja o de Marina Silva, que se tornou recentemente a ministra do meio ambiente. 


Outros nomes também carregam muito peso, como Bia Kicis, Janaína Pascoal e outras tantas. Apesar de ser chamado de machista, os bolsonaristas apoiaram várias candidatas que tiveram um total de votos expressivo. Essa questão nunca foi abordada na esquerda. Para manter a visão de que os bolsonaristas são machistas, parece que a esquerda ignora esse fato.


Um nome que tem ganhado muita força nos últimos anos é o de Michelle Bolsonaro. É inegável que a rejeição que o ex presidente carrega não se estende a sua mulher. Recentemente o presidente do PL disse que ela é uma ótima opção para concorrer a presidência da República em 2026. 

Tendo em vista o total apoio dos bolsonaristas a ela e que os indecisos não tem nada contra a ex primeira dama. Nesse cenário ela poderia angariar votos dos dois mundos, direita e esquerda.


Falando novamente sobre Marina Silva, vimos que recentemente ela sofreu um desgosto enorme do presidente Lula. Ela foi surpreendida com a notícia que o presidente vai bancar um gasoduto na Argentina que é extremamente poluente.

Acompanhe a seguir a precisão da Sensitiva Bianca e o que o futura aguarda.

CONFIRA O VÍDEO

Contato consultas com Sensitiva Bianca

Whatsapp: (19) 99916-4617

Redes sociais

Edição e texto: Theta Wellington

COMPARTILHAR:

DESTINO DO CAPITÃO! Algo Grande Chegando Vai Mudar Tudo, Sensitiva Atualiza | 29/01/2023

Qual o destino de Bolsonaro? Prestes a acabar o prazo de 1 mês que disse que passaria nos Estados Unidos da América, seu futuro está incerto.

A volta de Bolsonaro ao Brasil é incerta. Depois que o adicionaram no inquérito que investiga a invasão na praça dos três poderes. 

Bolsonaro pediu para ficar mais tempo na casa de um lutador nos EUA. Com o mês chegando ao fim nos Estados Unidos, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu a José Aldo, ex-combatente e dono da casa onde mora na região de Orlando, que estenda a estadia por mais um mês até o Mardi Gras After acabou, segundo amigos do atleta.


A casa, um imóvel de oito quartos em um condomínio fechado próximo à Disneylândia, está disponível para aluguel na plataforma online a partir de US$ 519 a diária (cerca de R$ 2.600, sem contar impostos e taxas que podem fazer o valor quase dobrar), mas foi dado pelo ex-combatente que apoiou Bolsonaro nas eleições de 2022. A casa do ex-presidente. Ele disse desde o primeiro dia que não responderá às perguntas do relatório.


Embora existam barreiras impedindo a entrada de carros no local, os pedestres podem entrar gratuitamente, facilitando a movimentação constante dos torcedores no portão. Sem paredes entre as casas, há pouca privacidade e é possível até tocar a campainha do ex-presidente sem seguranças na porta. Uma tela é instalada na casa para cobrir a área dos fundos, onde fica a piscina, e as cortinas da casa são fechadas durante o dia.


No entanto, é possível ver algumas luzes acesas à noite e, às segundas e terças-feiras, um jogo de futebol foi exibido na TV da sala. Bolsonaro viajou aos Estados Unidos no dia 30 de dezembro antes de encerrar o governo e quebrar a tradição de entregar o cinturão ao seu sucessor. 

A princípio, sua presença e a novidade do feriado de fim de ano levaram centenas de brasileiros à porta de casa. Bolsonaro sai quase de hora em hora para cumprimentar apoiadores que viajam de diferentes partes do país para vê-lo.


Contato consultas com Sensitiva Bianca

Whatsapp: (19) 99916-4617

Redes sociais

Edição e texto: Theta Wellington

COMPARTILHAR:

SE PREPARE! "O Brasil não Será Comunista" Afirma Astróloga Maricy Vogel | 26/01/2023

O Brasil não será comunista! Astróloga Maricy Vogel fala sobre o assunto.

Estamos passando por um momento de provação muito grande. Os avanços da ideologia comunista estão na cara para qualquer um ver. Todo o cenário é ruim, mas a cada passo tomado nessa direção fica mais fácil o próximo passo. No entanto, nem tudo está perdido. 

O congresso com maioria bolsonarista ainda não mostrou sua cara e um importante nome volta ao jogo. A reativação das redes sociais do deputado federal eleito Nicolás Ferreira (PL-MG) foi confirmada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, nesta quinta-feira, 26.


A decisão, que abrange os perfis do Facebook, Instagram, Telegram, Tik Tok, Twitter e Youtube, ocorre após o bloqueio das contas por 15 dias. No entanto, o lançamento acontece sob condições. Nikolas Ferreira está proibido de publicar, promover, reproduzir ou compartilhar conteúdo falso sobre o processo eleitoral e é multado em 10 mil reais por dia. 

No caso de Ferreira, Moraes argumentou que o mesmo entendimento se aplica ao senador Alan Rick, cujas contas nas redes sociais também foram liberadas condicionalmente a pedido do presidente da Assembleia Nacional, Rodrigo Pacheco. Para o ministro, em ambos os casos, impedir a divulgação de conteúdos ilegais que muitas vezes atentam contra a integridade do processo eleitoral e incentivam comportamentos antidemocráticos.


O deputado federal eleito Nikolas Ferreira (PL-MG), o youtuber Bruno Aiub, mais conhecido como Monark, e a influencer Barbára Destefani, do canal “Te Atualizei”, tiveram suas contas suspensas. Ambos os tipos de dados são preservados. Na página, a informação é de que essas contas foram deletadas por exigência da lei. 

O trio publica matérias sobre o ato de vandalismo em Brasília desde o último domingo (8), a invasão da Praça dos Três Poderes. A Assembleia Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto foram danificados. Dos três, apenas Nikolas Ferreira teve sua conta no Twitter suspensa por ordem judicial no ano passado.


Créditos Maricy Vogel

COMPARTILHAR:

lNVASÃ0 VEl0 A T0NA! Algo Grande Chegou, Astróloga Maricy Vogel Atualiza | 25/01/2023

A cada dia que se passa mais feia a situação vai ficando pra quem invadiu o congresso.

É bom destacar que depredar os órgãos públicos não é a solução pra nada na vida. Essa invasão está gerando consequências que podem durar por muito tempo. A AGU convocou para o dia 8 de janeiro um novo bloqueio dos bens dos presos flagrados por saquear prédios dos três poderes.


A Advocacia-Geral da Aliança (AGU) entrou com uma nova ação na Justiça Federal de Brasília para bloquear os bens de 40 pessoas presas in loco no dia 8 de janeiro por envolvimento na invasão e saque de prédios brasileiros. Praça dos Três Poderes. 

Na ação anterior, ajuizada no último dia 11, o órgão já havia solicitado os bens de 52 pessoas e sete empresas envolvidas no pagamento de taxas de afretamento pela tentativa de golpe. A Justiça aprovou a medida.


A nova ação visa unir aqueles que vandalizam prédios públicos para responder e arcar com os danos. Em ambas as ações, a AGU informou que pretende bloquear um valor de R$ 18,5 milhões, referente ao prejuízo estimado ao Palácio do Planalto, ao Supremo Tribunal Federal, ao Senado e à Câmara dos Deputados.


Estas ações do governo visam assegurar que o acusado terá seus bens disponíveis para reembolsar qualquer um. O texto completo da ação judicial não foi porque divulgado está sob sigilo.


Créditos Maricy Vogel

COMPARTILHAR:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do Site